Conheça o projeto "Tá com calor? Plante árvores"
26/11/2019 17:15 em Novidades

Iniciativa social conscientiza moradores e realiza mutirões de plantio pela cidade; neste domingo, 12, o plantio será na Vila Virgina

Que Ribeirão Preto é muito quente, isto ninguém discorda. Mas seria uma cidade muito mais agradável se os moradores se atentassem a um fato: a falta de áreas verdes. Atualmente, a Organização Mundial da Saúde (OMS) aconselha que os municípios possuam 36 metros quadrados de área verde por habitante e um mínimo de 12 metros quadrados. Ribeirão Preto mal chega a 11% do aconselhado, contando apenas com 4 metros quadrados por habitante. 

Pensando nisso, a campanha "Tá com calor? Plante Árvores", organizada pela Associação Cultural e Ecológica Pau Brasil, já plantou mais de 2.000 árvores em Ribeirão. Criado em 2012, o projeto exige do poder público o cumprimento do código municipal de arborização, a implantação de áreas verdes na cidade, o reflorestamento das áreas de preservação permanente e reserva legal na área rural. 

Porém, a Associação também põe a mão na massa. Por meio de mutirões em parceria com ONGs, sindicatos, escolas e, principalmente, com a população, a campanha propõe-se a estimular o cidadão comum ao plantio de árvores. Fomentando nas comunidades a criação de uma consciência sócio-ecológica.

“Ribeirão Preto tem mais de 600 mil habitantes, já pensou se metade disso plantasse ao menos uma árvore? Estaríamos muito melhores”, questiona Reinaldo Romero, coordenador da campanha "Tá com calor? Plante árvores".

Romero comenta que a Associação Pau Brasil realiza plantios desde 1989, contudo, foi em 2012 que o projeto ganhou a cara que tem hoje.

“Entre 1989 e 2012 fizemos vários plantios pontuais em datas comemorativas e festividades. Mas em 2012 o projeto foi reformulado com a ajuda de vários especialistas na área. O nome 'Tá com calor? Plante Árvores' veio da fala de várias pessoas de Ribeirão Preto que sempre reclamavam do calor, mas não tomavam uma atitude”, conta o coordenador.

Consciência ambiental

Romero explica que o principal trunfo do movimento é a proximidade que possuem com a comunidade. “Antes de realizarmos o plantio, fazemos uma avaliação do tipo de árvore para o local. Não somente em relação ao solo, mas das condições sociais da região. A prefeitura, por sua vez, somente realiza o estudo físico do local. Muitas vezes plantam árvores em locais que os próprios moradores retiram depois. Seja por que está os atrapalhando ou porque ainda não possuem uma consciência ecológica”, informa o ativista.

Para que os próprios munícipes não derrubem as árvores após o plantio, o movimento orienta e instrui os cidadãos sobre a importância das áreas verdes na cidade.

As mudas utilizadas nos mutirões são todas retiradas no Horto Florestal. Todavia, Romero conta que a burocracia para a retirada das plantas acaba afastando e desanimando o morador que tem interesse no plantio.

Dessa forma, o “Tá com calor? Plante árvores” realiza todos os trâmites legais e estudo do local. Os moradores só precisam comparecer aos mutirões e preservarem ás áreas restauradas.

Mutirão

Neste domingo, 12, haverá um mutirão na Praça Maria Goretti no bairro Vila Virginia, às 9 horas. Vale lembrar que o nome oficial da praça é Comendador Manoel dos Santos Freire, mas ficou popularmente conhecida como Praça Maria Goretti pela proximidade com a Igreja Santa Maria Goretti. O local fica entre as ruas João Guião, Anália Franco e Julio de Mesquita.

Além do plantio de mudas, o mutirão promete auxiliar os moradores locais que reclamam do mato alto, falta de lixeiras e do abandono da praça.

 

Fonte: revide.com.br

Foto: Susan Ramos/Divulgação

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE